Conteúdo sugerido

O relés ou relê (do inglês relay) é um componente eletrônico que tem como objetivo a alternância de caminho da corrente elétrica que passa por ele.
Primeiramente, vale ressaltar que existem mais de um tipo, sendo entre eles, os mais comuns, o simples (de 5 pinos) e o duplo (de 8 pinos).

Primeiramente vamos entender o funcionamento do simples:
:relay_simples.jpg
Pinos 1 e 2 - normalmente fechado e aberto,
Pino 3 - pino central
Pinos 4 e 5 - pinos da bulbina

O pino 3 estará ligado ao pino 1 ou 2, dependendo se está ou não passando corrente entre os pinos 4 e 5.
Por exemplo: tenho uma lampada ligada ao pino 1 e um motor ligado ao 2 (ambos de 5v) e 5v ligado ao pino central. Se não estiver passando corrente entre os pinos 4 e 5, a lâmpada acenderá, e o motor não estará ligado. Caso esteja passando corrente, a situação de inverterá, ou seja, a lâmpada estará agora desligada e o motor a funcionar.

Depois de entendido os conceitos do simples, o relé duplo é de fácil compreensão: imagine apenas dois relés  simples com apenas uma bulbina, essa bulbina irá controlar os dois relés
thumb_small_997387_Rele-Duplo-Circuito-I
rele_duplo.jpg
Os pinos 1 e 6 são a bulbina, e os 4,6 e 8 e 13,11,9 são equivalentes aos pinos 1, 3 e 2, do simples, respectivamente.

Valendo lembrar, que para ambos os relés, a voltagem recomendada para a bulbina pode variar, sendo assim importante a identificação (pode-se encontrar no próprio relé), antes do manuseio do componente. As voltagens mais comuns são de 5v e 12v.

Uma aplicação bastante comum dos relés é a ponte H. Para isso precisamos de 2 simples ou 1 duplo. Conectamos cada pino central em uma extremidade do motor, um dos normalmente fechados no positivo (mesma voltagem do motor) e o outro normalmente fechado (do outro relé) no negativo. Fazemos a mesma coisa com os normalmente abertos, de forma que: o normalmente aberto e normalmente fechado de um serão positivo e negativo, respectivamente, o normalmente aberto e normalmente fechado do outro lado serão negativo e positivo respectivamente. Agora ligamos a bulbina com a voltagem adequada, conjunta a um transistor, e a base desse transistor a um microcontrolador (Arduíno, por exemplo.). Agora quando acionarmos o transistor, a bulbina mudará o estado do relé, e de acordo com o estado do relé, o motor girará para frente ou para trás.


Atividades recentes