EREM Conde Pereira Carneiro

Aluno(s): Bruna Camila

Daniel Honorato

Michel Castanha

Projeto Escolar: Robótica Livre

Professor: Anderson Gusmão




LIXEIRA ELETRÔNICA


O que é?

R: Um receptor “pontifixo” de lixo reciclável(papel).

Materiais:

  1. Um motor;

  2. Cola quente;

  3. Uma lixeira comum;

  4. Correia dentada;

  5. Ferro de solda;

  6. Solda;

  7. Um arduino;

  8. Sensor de presença;

  9. Duas baterias de 9v.

De que ele é feito?

R: Plástico.

Como ele é feito?

R: A caixa de redução será colocada na lateral da parte interior da lixeira.

Na parte do suporte da tampa será colocada uma esteira dentada, nela será encaixada a engrenagem da parte superior da caixa de redução, posteriormente, será feita a instalação do arduino(já programado) e, logo após, o sensor de presença e a bateria.

Ao findar todo o processo de instalação, iremos testá-lo e garantir 100% de êxito.

Como funciona?

R: Com a aproximação de algum objeto, o sensor irá captar o movimento e enviar para o arduino, onde o mesmo irá acionar o motor que irá impulsionar as engrenagens, que resultará na abertura da tampa.

Ao colocar o objeto e afastar-se, o sensor irá identificar que não há algo a sua frente, assim que esse fato for do conhecimento do arduino, o mesmo fará o mesmo processo do momento anterior, porém, será inversamente proporcional ao resultado já citado, ou seja, resultará assim no fechamento da tampa.

O que ele faz?

R: Além de ter um feito benigno na ajuda ao meio ambiente, gera também uma quebra na cultura de maus costumes de descartar resíduos, os quais são aproveitáveis, e que de maneira errônea são desprezados. Também tem objetivo de transformar o ato de “jogar o lixo fora” algo mais dinâmico e interessante.

Como usar?

R: Gradativamente você deve se aproximar, esperar a tapa se abrir, jogar o lixo e seguir seu trajeto, algo de 2seg, com mesma intensidade para o retardo.

Para que serve?

R: Especificamente para a recepção de papel(em bom estado para a reciclagem).

Problema(s):

R: “jogar o lixo fora “, por ser algo que trata-se de uma obrigação, tem-se o habito de procrastinar, fazendo então as pessoas se tornarem preguiçosas e sem qualquer tipo de interesse.




Atividades recentes